Curta a Nossa
FANPAGE
REVISTA MERCOSUL
For Export
Visitas: 2.691.398 | Email: info@ccmercosul.org.br | Telefone: +55 (11) 5524-6370

FIQUE POR DENTRO


Bolívia pede ao Mercosul tratamento preferencial por não ter saída para o mar

O presidente da Bolívia, Evo Morales, pediu nesta sexta-feira ao Mercosul, organismo com o qual negocia uma incorporação como membro pleno, um tratamento preferencial no comércio pois o país não tem saída para o mar. O líder disse em discurso para empresários na região de Santa Cruz que deseja que os países-membros do Mercosul concedam à Bolívia 'muitas preferências' em tarifas e exportações porque, em primeiro lugar, o país é 'uma nação sem saída ao mar, por enquanto'.

Em segundo lugar, Morales sustentou que pedirá um tratamento preferencial porque a Bolívia começou se erguer e já não é 'um país mendigo', mas 'um Estado digno' que em pouco tempo deu passos importantes. Nesse sentido, Morales solicitou aos empresários de Santa Cruz que debatam sobre a forma como a Bolívia pode aproveitar o Mercosul para fortalecer a economia de todos os setores produtivos e o investimento na ciência e tecnologia, necessárias para a agricultura.
O Mercosul é integrado pela Argentina, Brasil, Uruguai, Venezuela e Paraguai, embora este último tenha sido suspenso do bloco após a destituição, em meados de 2012, de Fernando Lugo da Presidência do país.

A última Cúpula do Mercosul, realizada em Brasília há pouco mais de um mês sem representação paraguaia, aprovou um Protocolo de Adesão da Bolívia como membro pleno do bloco, o que deve ser referendado pelos Parlamentos dos países-membros. Até agora, a Bolívia é apenas um Estado associado ao organismo.
Após ser derrotada em 1879 por tropas do Chile, a Bolívia perdeu 400 quilômetros de costa e 120.000 quilômetros quadrados de superfície.

Morales advertiu várias vezes que a Bolívia tem preparado um processo contra o Chile para ser apresentado em tribunais internacionais, no qual pedirá a restituição da saída ao Pacífico e denunciará que o tratado que fixou os limites territoriais em 1904 não está sendo cumprido.
Câmara de Comércio do Mercosul e Américas
+55 (11) 5524-6370 | info@ccmercosul.org.br
Agência WebSide