Curta a Nossa
FANPAGE
REVISTA MERCOSUL
For Export
Visitas: 2.615.288 | Email: info@ccmercosul.org.br | Telefone: +55 (11) 5524-6370

FIQUE POR DENTRO


Mercosul felicita Maduro e ressalta "transparência" da eleição venezuelana

O Mercosul felicitou nesta segunda-feira Nicolás Maduro por seu triunfo nas eleições venezuelanas e destacou a "transparência" do pleito.

Em comunicado divulgado pelo Uruguai, país que ostenta a presidência temporária do bloco formado ainda por Argentina, Brasil, Venezuela e Paraguai (suspenso), os sócios felicitaram "o povo venezuelano pela ampla participação no pleito para a eleição presidencial" de domingo.

Além disso, destacaram "o compromisso com a defesa dos princípios democráticos e de transparência que a eleição refletiu" e felicitaram Maduro, "reiterando seu total apoio e compromisso para continuar o caminho da integração regional dos nossos povos".

Maduro foi proclamado ganhador das eleições da Venezuela com 7.563.747 votos (50,75%), frente aos 7.298.491 votos (48,97%) do seu rival, Henrique Capriles.

Em uma agitada jornada, o candidato da oposição pediu o adiamento do ato de proclamação até que seja feita uma recontagem dos votos, o que foi rejeitado pelo Conselho Nacional Eleitoral.

O Mercosul, fundado em 1991 mediante o Tratado de Assunção, viveu em meados do ano passado uma forte turbulência interna depois que Argentina, Brasil e Uruguai decidiram suspender temporariamente o Paraguai em represália pela destituição do presidente Fernando Lugo após um controverso julgamento político no Congresso.

Os governos de Argentina, Brasil e Uruguai, que consideraram aquele processo um "golpe de Estado parlamentar" devido à rapidez com que aconteceu, aproveitaram a ocasião para autorizar o ingresso da Venezuela, país que assumirá a presidência do bloco no fim de junho.
Câmara de Comércio do Mercosul e Américas
+55 (11) 5524-6370 | info@ccmercosul.org.br
Agência WebSide