Curta a Nossa
FANPAGE
REVISTA MERCOSUL
For Export
Visitas: 2.617.415 | Email: info@ccmercosul.org.br | Telefone: +55 (11) 5524-6370

FIQUE POR DENTRO


Dilma destaca importância dos fundos do Mercosul para o Paraguai

"Acho que, para o Mercosul, a entrada do Paraguai é muito importante e também acho que para o Paraguai é muito importante voltar ao Mercosul", declarou Dilma aos jornalistas em sua chegada ao hotel Bourbon de Assunção, onde ficará hospedada.

O Mercosul suspendeu o Paraguai do bloco em junho de 2012, após a destituição do então presidente, Fernando Lugo, em um julgamento político no Parlamento.
A suspensão do Paraguai do bloco, formado pela Argentina, Brasil, Uruguai e Venezuela, terminará justamente amanhã, após a posse de Cartes, que deu a entender que, por enquanto, priorizará a reconstrução das relações bilaterais com seus sócios.

Cartes rejeita a entrada da Venezuela no bloco, aprovado durante a suspensão do Paraguai, e, por isso, não convidou o presidente Nicolás Maduro para sua cerimônia de posse, um fato que acabou motivando a ausência das autoridades equatorianas, contrárias a essa medida. Além do Equador, a Bolívia, sem emitir qualquer explicação, também cancelou sua participação.

Após se reunir brevemente com Cartes em sua residência, Dilma lembrou que o Fundo de Convergência Estrutural do Mercosul (Focem), 'que fundamentalmente privilegia os países que mais precisam', como o Paraguai, emprestou ao país US$ 550 milhões 'para construir a linha (de alta tensão) que assegura a absorção de energia elétrica de Itaipu', compartilhada com o Brasil.

'É algo muito importante. Sem isso, haveria dificuldades de estruturar o financiamento e, hoje, o Mercosul conta com fundos bastante significativos para esses projetos de integração da estrutura' elétrica do continente, finalizou Dilma.
Câmara de Comércio do Mercosul e Américas
+55 (11) 5524-6370 | info@ccmercosul.org.br
Agência WebSide