Curta a Nossa
FANPAGE
REVISTA MERCOSUL
For Export
Visitas: 2.622.675 | Email: info@ccmercosul.org.br | Telefone: +55 (11) 5524-6370

NOTÍCIAS DA CÂMARA


Estado na Rota do Mercosul

Os empresários goianos terão mais uma entidade para facilitar e elevar suas exportações. Será instalado na Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), nos próximos 40 dias, o Comitê da Câmara de Comércio do Mercosul.

O anúncio foi feito ontem pelo presidente da Câmara de Comércio do Mercosul e Américas, Miguel Lujan, em Goiânia, na abertura da 1° Feira e Congresso Internacional de Comercio Exterior (Ficomex), na Acieg. Goiânia é a quarta cidade do País a receber o Comitê. O Comitê complementará o trabalho do departamento de comercio exterior da Acieg, que já conta com 14 projetos de exportação em andamento, de produtos como artesanato, açúcar, farinha de mandioca, polpa de tomate, aguardente de cana e pedra preciosas.

Miguel Lujan afirma que Goiás tem grande potencial exportador, com muitos produtos de interesse no mercado internacional. "Goiás tem empresários produtores e vamos incentivar as vendas para empresários compradores em várias partes do mundo", explica.

Miguel Lujan garante que o mercado externo pode ser ainda mais fácil de trabalhar do que o interno, pois oferece grande segurança nos negócios. O Comitê Possui um plano de consultoria específico para exportação chamado "Exporta Brasil". Na opinião de Miguel Lujan, os empresários devem destinar 20% de sua produção para exportação para ter sempre um equilíbrio nos pontos altos e baixos do mercado interno. Segundo ele, as únicas exigências do mercado externo são qualidade e preço.


Entre as tarefas do comitê está a organização de missões oficiais e rodadas de negócios fora do País. " Temos um Clube Exportador, que garante a continuidade dos negócios após os primeiros contatos, Secretaria de Turismo e um Tribunal de Arbitragem Internacional", destaca o presidente da Câmara. Ele não acredita que os desentendimentos entre os empresários brasileiros e argentinos seja uma ameaça ao Mercosul, já fortalecido.

Ficomex
A abertura do Ficomex contou com a presença do governador Marconi Perillo e do prefeito de Goiânia, Íris Rezende. Com o tema Soluções em Negócios Internacionais, o objetivo é contribuir com a promoção internacional do comercio do Estado.

O presidente da Acieg, Pedro Bittar, diz que o evento dá oportunidade para os empresários fomentarem a comercialização de produtos goianos no mercado externo. Segundo ele, o foco é nas micro, pequenas e médias empresas, que pensam que exportar é "complicado".

"Queremos mostrar que existem grandes mercados para produtores goianos no exterior", destaca Bittar. Ele lembra que o evento é inédito no Estado e a segunda edição já esta programada para o próximo ano, no centro de Convenções de Goiânia, em parceria com a Câmara de Comércio do Mercosul.

Ontem, representantes da Câmara Americana de Comércio (Amcham), Câmara Ítalo Brasileira de Comércio, Câmara Alemã de Comércio, Embaixada do Haiti, Câmara de Comércio da Bélgica e Câmara Goiás-Itália se reuniram com empresários goianos para apresentar as principais possibilidades de negócios no exterior. Durante o evento, que termina hoje, também haverá rodadas de negócios entre as Câmaras e os Empresários.

A feira conta com 14 estandes, alguns de empresas que buscam o caminho para exportação, como a Ivone Fonseca Semi-Jóias. A empresária goiana Ivone Fonseca, há 20 anos no mercado produzindo peças em prata e pedras semi-preciosas, diz que quer expandir seu negócio, começar a exportar e se tornar conhecida no exterior.
Câmara de Comércio do Mercosul e Américas
+55 (11) 5524-6370 | info@ccmercosul.org.br
Agência WebSide